Encontrei tantos significados para essa palavra hoje: homem.
Desde àquele que é do sexo masculino, até que se trata de rascunho de Deus. Rascunho? Não creio.

Deus, O Arquiteto, projetou o mundo em seis dias e dentre estes, precisamente no sexto dia, coroando a semana antes do sábado, que é um memorial de toda criação, resolveu criar do barro aquele à Sua imagem e semelhança. Cada detalhe fora projetado e características peculiares, únicas foram moldadas.

Fora criado para ser o cabeça, o sacerdote do lar. Protetor, amigo, cúmplice, o mais forte fisicamente, o mais lógico e racional, enamorado, trabalhador, marido…enfim…este é o homem. Me perco nos adjetivos, mas a capacidade concedida por Deus, Quem te criou, de que sejas pai, avô, tio, padrasto…

Essas são tão relevantes diante de uma sociedade com valores invertidos. Sim, ainda almejamos esses homens nos seus lares, dentro da esfera social… Diante de Deus. Nenhuma mulher pode ser plena sem o “seu homem” por perto…e isto não quero dar precedente para machismo ou aversão à emancipação sentimental e financeira da mulher.

E por favor, não me venham com essa interpretação de mulheres carentes! Não se trata disso…não mesmo.

Mas como viver sem o jeito peculiar do sexo masculino, aquele que não se atém a datas festivas, não se prende a detalhes, não é muito de conversar? Mas como não valorizar aquele que é apenas homem na sua essência e virilidade, além de um enorme coração que pulsa no peito a galopes quando se trata de proteger, suster, aconselhar, cuidar a seu modo?

Muitos homens têm perdido a sua identidade, deixado de assumir seu papel, não de figurante ou dublê, mas sim de protagonista na história de sua vida concedida por Deus. Muitas mulheres têm contribuído para isso também…esquecem que temos papéis distintos e necessários de serem vivenciados por “ele”.

E em contrapartida, “ele” se anula, deixando de cumprir o ideal dAquele que o criou com propósitos definidos.

Deus te fez assim para completar a mulher que fora criada no mesmo dia e que tem o papel de ser auxiliadora, nem acima, nem abaixo, apenas do lado.

Você foi feito à imagem e semelhança do próprio Deus. Cuide-se, ame-se, seja apenas…com todos os riscos que estão envolvidos, inclusive de chorar quando necessário, pois isto não é fraqueza e sim nobreza.

Posicione-se.

Seja simplesmente…homem.

Texto escrito por: Fabiana Colimoide

Comentários

Comentários