Blog Livros e resenhas-Os 13 Porquês / Jay Asher

Sinopse

Você não pode interromper o futuro, nem modificar o passado. O único jeito de descobrir este segredo é apertando play.

 

Para Clay Jensen, as fitas cassete gravadas por Hannah Baker não têm nada a ver com ele. Hannah está morta. E seus segredos devem ser enterrados com ela. Só que a voz de Hannah diz a Clay que o nome dele está em uma das histórias dessas fitas e que ele, de alguma maneira, é responsável por sua morte. Tomado por espanto, angústia e muito medo, Clay permanece escutando as gravações madrugada afora. Ele segue as palavras de Hannah pelas silenciosas ruas de sua cidade…

… e o que ele descobre, muda sua vida para sempre.

 

 

“Os 13 Porquês” conta a estposrques-007ória de Clay Jensen e Hanna Baker e muitas outras pessoas, todas elas unidas pelo BULLYING, OMISSÃO, HUMILHAÇÃO, FALTA DE CARATER, UM SUÍCIDIO, VÁRIOS MOTIVOS E VÁRIOS CULPADOS, E 13 FITAS CASSETES.

Hanna Baker é uma garota que se suicidou e deixou 13 fitas cassetes numa caixa. Fez com que elas chegassem nas mãos de seus malfeitores e que eles repassem para a pessoas seguintes até chegar no décimo terceiro nome, mas além de tudo, ela era a garota por quem Clay Jensen amava secretamente. Porém, nem esse amor o salvou a ponto de o deixar fora de uma dessas fitas.

Ouvindo as fitas e seguindo os pontos marcados em um mapa deixado por Hanna, ele vai descobrindo toda a verdade e todos os motivos que fizeram Hanna desistir de tudo, de todos e de si mesma. A cada passo de Clay pela madrugada surge uma pessoa, um motivo e um porquê. E ao fim de todas as fitas, já com o coração arrebentado e sem saber o que fazer quando for para a escola no dia seguinte, ele só tem uma certeza: todos as pessoas que são citadas nas fitas têm a ver com o que Hanna fez consigo mesma. Direta ou indiretamente elas são OS 13 PORQUÊS e carregarão isso consigo pelo resto de suas vidas.

Jay Asher consegue criar uma trama viciante, dolorosa e espantosa. Ele consegue criar toda uma atmosfera de filme de suspense e consegue ir revelando aos poucos os motivos de Hanna. O escritor consegue trazer à tona uma estória intrincada e chocante e que de certa forma dá um tapa na cara da sociedade.

A narrativa é fluente, porém uma das coisas mais legais do livro é a artimanha do autor ao colocar 13 fitas cassetes para desenrolar da trama. Asher começa o enredo de uma forma leve, mesmo que já saibamos que Hanna desistiu de si mesma, porém com o passar dos nomes e das fitas a história vai ficando pesada e chocante, ficando perceptível a mudança em Clay e em Hanna. Todos os personagens são diferentes um do outro, contudo todos tem o seu grau de culpa.

Jay Asher consegue construir personagens verossímeis, transmite muito bem suas emoções e acima de tudo, consegue deixar bem claro a transformação de Clay e Hanna, pois Hanna é a vítima e Clay é o atual ouvinte das fitas e um dos culpados (mesmo que sem querer).

A descrição dos locais e sensações e sentimentos é feita de forma que faz com que nós leitores sentíssemos a maldade ao qual Hanna passou e o que Clay está sentindo ao descobrir a verdade.

blog livros e resenhasO autor consegue mostrar de forma crível o que ocorre em festas de adolescentes (sexo, drogas, brigas e bebedeiras) e nos mostra o que elas podem fazer tanto aos próprios adolescentes, como as pessoas que nada tem a ver com estas festas.

Asher mostra através de palavras que bullying, sexo, drogas, bebida, brigas, e etc. de adolescentes podem se tornar em ciclo vicioso e que por fim pode terminar em tragédia.

Apesar da narrativa ser fluente, acredito que OS 13 PORQUÊS não é o tipo de livro que se leia de uma hora para outra, pois apesar de ter uma escrita simples, a trama vai se transformando em algo pesado que, em alguns momentos, me deu dor no estomago, como se alguém estivesse me batendo, então eu tive que ler com calma.

Uma das coisas mais legais do enredo é que o autor não perde tempo com clichês, indo direto ao ponto.

Apesar de ser óbvio o que ocorreu com Hanna, eu me peguei pensando: será que tudo isso era um blefe dela e que ela queria fugir com Clay ou algo assim.

O final de Hanna que já era óbvio no começo do livro e se tornou chocante no final, pois o autor além de criar motivações intrincadas e que dão um nó no estomago e uma vontade de dar um soco na cara de cada um que foi maldoso com Hanna, Asher também consegue deixar o mais chocante para o final do livro, mostrando a deterioração sentimental e psicológica de Hanna. e como um toque final,  revela uma grande maldade feita por um personagem, maldade essa que ocorre na vida real a toda hora e a todos os momentos, e só pode vir a ser revelada se uma das 13 pessoas tiver a coragem de entregar as fitas para a polícia (pois as coisas que este personagem fez são crimes sérios) e por esse motivo Hanna o citou nas fitas, porém não as endereçou para ele, pois tinha certeza de que ele destruiria as fitas. Será que Clay ou as outras 13 pessoas iriam querer passar a humilhação de todos saberem o que eles fizeram com Hanna, em troca de que um criminoso seja preso não nos é revelada? Essa é a pergunta que o autor nos deixa.

Os 13 Porquês é um livro que nos faz perceber o quanto somos idiotas ao olhar para o lado e vermos apenas o carinha do colégio, a moça da mercearia, o tio do buzão e não pessoas com nomes, vidas e famílias como eles realmente são.

 

Nota: Eu dou um 10.

 

Resenha escrita por: Marcos Vinícius.
Curta nossa página XD

Estamos no Google+

Comentários

Comentários